GeForce Now chegoa ao Windows

O GeForce Now chegou ao Windows

O GeForce Now chegou ao Windows, anunciado durante a CES 2018, pode ser uma boa opção  para as pessoas que gostam de jogar, mas não possuem interesse suficiente  em investir num computador mais robusto, afinal, os jogos mais populares da atualidade, a cada dia, requisitam um maior poder de processamento, fazendo com que muitos usuários apaixonados mantenham-se afastados por bastante tempo, devido a infeficácia dos seus computadores.

Esse serviço é bastante interessante, pois funciona e é uma espécie de streaming.
Quase todo mundo já está acostumado a assistir filmes e séries na NetFlix, e o fator comum entre esses serviços é o fato de ambos serem plataformas de streaming, sendo a diferença, o fato que a netflix atua no mercado de filmes e séries, enquanto o GeForce Now está destinado aos games.

As principais características, são a separação de planos para consumo sob demanda, utilização de recursos em nuvem, conexão entre computador e plataforma através da internet. Mas, como tudo na vida, se ganha de um lado, se perde de outro … Para utilizar esse serviço de forma satisfatória,  a Nvidia recomenda que o usuário tenha uma boa conexão com a internet, pelo menos 50 mb/s.

Quanto a disponibilidade, já existem planos para MacBooks desde o ano passado, em que a assinatura básica custava 25 Dólares para utilizar o serviço durante 20 horas. Lembrando que o tempo é consumido quando você está em jogo, então é uma proposta viável para as pessoas que não não possuem muito tempo para jogar, mas ainda não dispensam essa diversão. Em relação ao windows, ainda não há data de lançamento do serviço no Brasil, mas os habitantes da América do Norte e Europa já podem utilizar a versão de testes, que é gratuita, tendo tempo limite de 4 horas, mas após esse tempo é possível voltar a utilizar sem problemas.

Então, é uma plataforma bastante interessante, provavelmente atrairá muitos usuários, mas a questão da internet ainda é um pouco invável no Brasil, utilizar o serviço com as conexões ruins que são predominantes no país pode trazer más experiências, esse pode ser um dos motivos para a não disponibilidade do serviço nas terras tupiniquins.

E você, o que achou da proposta?
Deixe seu comentário!

 

FONTE: TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *